Cesar Cardoso

Nerd, esquerdistóide (um dia chego a ser esquerdista), carioca com asilo permanente em Brasília, gadgeteiro, MSX, retrocomputação, hiperconectado até demais e vamos que vamos.