Lucas Mota

Escrevo, toco guitarra, penso, luto pelo que acredito.

(não necessariamente nessa ordem e nenhum deles de forma profissional!)