Bárbara Noronha

Portugal

Se levarmos uma menina de Cascais a frequentar um curso de Fotografia, Som e Vídeo na António Arroio, pode até fazer sentido a passagem que se seguiu pelo ISPA, onde não acabou o curso, pois aos 21 anos Bárbara Noronha achava que o Mundo era demasiado grande para se deixar ficar mais tempo presa “debaixo das saias” da sua mãe.

No meio das suas descobertas nasceram vários amores, um deles pela música e outro pela organização de eventos, razão pela qual em 1997 integrou a equipa de produção de um festival bienal de música electrónica, da qual fez parte até 2004.

As viagens que fez aos vários continentes ou a curiosidade pelas Artes, não a impediram de construir uma carreira de 12 anos pelo mundo da moda, onde se especializou em vendas, gestão e liderança de equipas no segmento de consumidores de topo. O desafio para expandir os seus conhecimentos através de um curso de formação de formadores tirado em horário pós-laboral, apesar da muito recente condição materna, permitiu-lhe uma média final de 16 Valores e o salto para responsável da área de recursos RH e de Formação. À semelhança do seu percurso, diziam na altura os testes psicotécnicos, que era dotada de uma excelente capacidade comunicação, organização e uma “natural born leader” com veia comercial.

Algures por 2008, depois de uma inesquecivel viagem ao festival de Teatro de Mérida com a C.ia Teatro do Chapitô, aceitou a proposta para lançar uma produtora de eventos que em menos de um mês já estava a organizar o seu primeiro para a associação “Com Cascais”, onde introduziu o conceito “Com.Arte” que já vai na 5ª edição, hoje em dia sob o pelouro da CMC. Nesse mesmo ano recebeu um convite que visava a programação artística para eventos no Casino Estoril, onde levou artistas como Richard Dorfmeister e Kid Loco em duas grandes produções para um público de mais de 3.000 pessoas. Na mesma altura começou o laço, hoje vinculado, com o potencial das redes sociais, que na época estava ainda por descobrir no mercado português. No percurso, fez associações a marcas como a ModaLisboa para a qual organizou uma das exclusivas “after-ModaLisboa-parties”.

Atualmente tem a seu cargo a função de GSM & Special Events Manager na Cidadela de Cascais, sob a concessão do Grupo Pestana, mantendo a gestão dos conceitos anteriormente por si criados, como a plataforma “Barbarella Social & Media” que trabalha gestão de conteúdos, promoção de artistas e organização de eventos.