Alessandro Marlos

Rio de Janeiro

Eu sou Alessandro Marlos, engenheiro elétrico com ênfase em sistemas e computação formado pela UERJ na década de 90.

Comecei a trabalhar nos anos 80 como professor de matemática para alunos de cursos supletivos. A grana era curta. No entanto, somente em 1993 tive minha primeira grande experiência profissional: provas e testes aqui e ali e consegui uma vaga como oficial de informática no Exército, no Palácio Duque de Caxias.

No Exército fiz de tudo um pouco: manutenção do Sistema de Controle de Armamento do Exército em Cobol/CSP num VM 370 da IBM; aulas de informática para população carente; aulas de um tal de “Open Access” para oficiais superiores/analistas do Exército ; gerente de Rede Novel 3.12; desenvolvedor de um sistema de controle de biblioteca em Access e tanta coisa em 4 anos que já esqueci. Quase peguei as máquinas de cartão perfurado!

Alessandro Marlos – engenheiro de T.I. Especializado em ensino a distância EAD
Não foram anos bons porque eu era imaturo e sem padrinho.

Depois desta fase, fui empresário durante 7 anos onde mais uma vez fiz de tudo um pouco: de sistemas em Clipper até dono de oficina de moto. Estes não foram anos ruins.

Foram terríveis.

Em 2003 voltei definitivamente para a área de informática a convite de meu irmão. Trabalhamos em um servidor dedicado vendendo hospedagem de sites, um negócio legal na época, embora eu não gostasse muito da Web.

Em 2004 comecei lentamente a me interessar pela internet e a estudei. Havia gaps por todo lado e criei meu primeiro projeto para Web: um construtor de sites. Montei uma equipe, escolhi a linguagem e fui à luta! A idéia do servidor dedicado morreu e agora existia uma empresa de criação de sites cuja missão principal era bancar o projeto.

Em 2005 formei uma ONG e oferecia a ferramenta gratuitamente para uma série de entidades. Muito aconteceu neste ano. Conheci a mulher da minha vida e passamos a trabalhar juntos. Eu já era mais maduro e com certa experiência de vida, passei a fazer consultoria para empresários de vários setores. De um lado ela prestava consultoria jurídica enquanto eu falava a linguagem dos empresários. Era como se fosse o bem e o mal juntos numa parceria.

Então Deus resolveu entrar na minha vida e o mundo virou de cabeça para baixo. “Eu te proverei”, Ele disse. A partir daí comecei a devorar a Bíblia praticamente todos os dias até o dia

  • Work
    • Engenheiro de TI
  • Education
    • UERJ