Alex Pedro

São Paulo

Escritor, roteirista, blogueiro, dramaturgo e ocasionalmente, ataco de modelo e ator. Este sou eu para o mundo. Escrevo desde os 12 anos de idade, já aos 16 anos havia terminado meu primeiro livro. Tenho contos publicados no jornal português “Horizonte”, e um blog com quase 20 mil acessos, que segundo o Google, com permanência média de 4 a 6 minutos, e convenhamos, em se tratando de uma pessoa que não é famosa, e um blog de contos autorais, isso é muitíssima coisa. Com meu blog, alias, aprendi muito. Inicialmente publicava longos capítulos de meus romances, mas não engrenava. Certa vez fiz uma experiência: um conto curto. Uma semana depois, havia mais cem visitas à procura de mais. Descobrindo isso, em 2012 publiquei cerca de 50 contos de minha criação, variando do horror, sobrenatural e dramaturgia, ao humor regionalista. Também no blog, publiquei o que inicialmente seria um conto em nove capítulos, O menino que não podia morrer, que acabou virando um romance. Neste período de 2012, de 2.000 visitas meu blog saltou para 17.000. E um dos grandes frutos do blog foram os bons amigos e contatos que fiz. Um deles foi ser reconhecido por um jornal de Portugal e nele publicar alguns contos inéditos de temática social. Fora isso, neste tempo trabalhando com textos curtos exercitei a objetividade, deixando de encher linguiça e finalmente aprendendo a gostar do que faço. Atualmente tenho trabalhado como roteirista de videoclipes e documentários para a Parakino, e tenho alguns projetos pessoais para romances, a internet e quadrinhos.