Ana Luisa

Gosto especialmente de uma frase de Fernando Pessoa que me identifica " Não sou nada, nem ninguém, mas tenho em mim todos os sonhos do mundo".

No fundo caracterizo-me como uma luz que brilha no escuro, que apesar de bem pequena ilumina caminhos, e foi por essa razão, que o destino fez de mim Psicóloga, Psicoterapeuta para que eu pudesse guiar os passos daqueles que me procuram em busca de luz no seu caminho.

Sou também uma brisa do vento, veloz e esquiva, por isso amo o Jornalismo, escrever é a minha arte, a minha eterna melodia que suavemente deposito nas palavras que ornamentam a minha vida.