Andre Cunha

Andre Cunha não gosta do cinzento e para além de escrever na terceira pessoa, de dia trabalha na fábrica de texteis técnicos Metso, á noite estuda na universidadede Fernando Pessoa, onde presentemente está no primeiro ano de Engenharia Informática, ainda mais á noite gosta de explorar programas de criação em 3d como Daz Studio, Blender, Bryce ou Sketchup.

Gosta de programar mesas de pinball usando o programa Future Pinball e de se mascarar de gentleman clássico virtual,se tal coisa for possivel, com recurso ao Photoshop.

Nos tempos livres desenha e lê banda desenhada, talvez um dia publique alguma coisa...