Anna K Lima

Fortaleza

nasci Anna em um nove de janeiro lá atrás. comi muita siriguela 'de vez' nos quintais da Maraponga. quis fazer um monte de coisa, e fiz.

embora tímida, sempre fui um tanto quanto bem resolvida quanto aos meus desejos e sonhos: já fugi de casa aos cinco, quase me afoguei aos dez, ganhei um bingo na igreja aos doze [já tive meu momento de sorte!], lutei pelos direitos humanos e feministas dentro de um ônibus lotado aos dezesseis, nunca experimentei nenhum alucinógeno, nunca segui uma dieta até o final.

sou feliz, trabalho inventando coisas. desenvolvo e realizo projetos - principalmente na área da literatura e sustentabilidade ambiental. me preocupo com tudo e com o todo. tenho gastrite e cabelos brancos que admiro e um grande amor pra cuidar.

gratidão deveras pela vivência planetária.