António Rodrigues

Lisboa

Ao fim de 25 anos a escrever em jornais continuo a gostar de escrever - em jornais e onde consigo e me deixam. Acho que nasci repórter, apesar de só ter descoberto isso aos 13 anos, altura em que arrumei definitivamente os sonhos de ser astronauta e piloto de aviões. Escrevi nos principais jornais portugueses, fui correspondente na Argentina e para a América Latina, trabalhei na agência Lusa e fui delegado em Angola, fui para Toronto escrever num jornal local e editei o Internacional do jornal i. Andei pelos EUA depois do 11 de Setembro, fiz uma reportagem no Ground Zero ainda com os trabalhos de recolha de corpos a decorrer, entrei em Cabul um dia depois de os talibãs terem fugido da cidade, estive na Palestina durante a Segunda Intifada, no Chile quando Pinochet foi preso, estive no Iraque nos últimos dias de Saddam Hussein, assisti a um casamento ultra-religioso em Qom, o berço do xiismo no Irão. Agora escrevo sobre livros no "Público" e traduzo, principalmente filmes, mas já traduzi 15 livros e muitos e muitos textos jornalísticos.

  • Work
    • Jornalista e tradutor
  • Education
    • Comunicação Empresarial, Relações Internacionais