Arthur Pinto

Salvador.Bahia.Brasil

Existo pq estou vivo. Já que penso eu escolho, relato, estou no caminho... em algum lugar. Viva o acaso! Declino-me por ele. Sua maior expressão é a Vida - Existência - Ser.

Gosto de cores, de mistura, expressões, cantos, movimentos (nada está parado!), experiências, Vale do Capão.

Simples e composto dissolvo-me no tempo... Mas há um gastar/estar que só longe de mim Eu aconteço.

Moral? Falsa ela! Alegria, tristeza, felicidade, realizações, amor, amizade, paixão, dor, ganho, perda, certeza, incerteza, esquecimento... vivencio tudo isso!

O que não compreendo incompreensível permanecerá, e como diria Raul: "eu ando de passos leves para não acordar o dia / longa noite eterna do tempo / se comparada ao curto sonho da vida".

Saudações, ap.