Augusto César

Penedo-AL

Saudade já é pouco do que realmente sinto. Ás vezes, bate uma tristeza maior do que o normal, e a vontade de gritar e pedir pra você voltar torna-se gigante. Me desculpe se não demonstrei tudo oque o significa pra mim antes de você partir. Me desculpe se não fui tão presente. Saiba quem mim arrependo muito de não ter mim tornado um chato que ficasse ao teu lado a todo momento. Não posso voltar atrás, nem muito menos, fazer você voltar, pra no minimo te dar um abraço, e ser contagiado pela sua alegria que até hoje é inesquecível. As coisas não foram tão rápidas assim, mais a esperança era maior de que qualquer pensamento negativo. Prometi que tudo passaria mais não pude cumprir não é? Me desculpa mais uma vez ;/ Mas lembre-se, aonde quer que você esteja, eu nunca esqueci de você. Amanhã faz três meses, e você continua viva no meu pensamento e coração. É como se ainda estivesse aqui, me guiando, olhando por mim e por todos que te rodeavam. Ainda não digeri direito essa forma súbita que você partiu, mais você me ensinou muitas coisas; Viver intensamente inclusive. Então meu amor é isso... Acho que escrevendo eu consigo desabafar um pouquinho do que eu sinto aqui dentro. Minhas palavras não confortam, nem te trazem de volta, mais sinto que você está nesse momento pertinho de mim, e é incrível como não tenho mais medo. É, você continua mim transmitindo uma paz, e sensações boas. Eu te amo demais, meu anjo, não importa oque aconteça você sempre será lembrada por mim, com um carinho e admiração imensa♥

  • Work
    • Augusto César Dos Santos Ventura
  • Education
    • Feliz por um tempo