Braz Neto

Será, que será? O que não tem decência nem nunca terá O que não tem censura nem nunca terá O que não faz sentido...