Daniel Bovolento

Rio De Janeiro, Rj - Brasil

Daniel Oliveira responde pelo pseudônimo de Daniel Bovolento por questões familiares com sobrenomes italianos.

Sou graduado em Publicidade e Propaganda pela UFRJ (2013). Tive algumas experiências no mundo do teatro e nunca mais tirei de mim essa coisa de interpretar personagens. Já fui professor de inglês e apresentador de websérie sobre entretenimento e carnaval. Blogueiro desde 2010 no Entre Todas as Coisas, onde escrevo sobre relacionamentos e comportamento. Meu blog, meu xodó. Uma das minhas maiores ferramentas de trabalho. Além de me ensinar a escrever melhor, fez com que eu aprendesse bastante sobre marketing social e conteúdo digital. Sou colunista do Casal Sem Vergonha (maior site do segmento de relacionamentos no Brasil) há 2 anos e também escrevo esporadicamente pra outros sites e revistas. Ah, também participei como curador de conteúdo no projeto Outros 500 do Multishow que reúne 500 pessoas muito influentes da internet brasileira e fui redator na organização da Semana de Publicidade da UFRJ em 2012/12.

Na redação publicitária em si já trabalhei com marcas como GNT, Laureate, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Unigranrio, Vichy, Oi, Bradesco Seguros e Vale. Fui estagiário de redação na agência AMO (RJ); estagiário de marketing e conteúdo digital na startup MobGeek (RJ); estagiário de marketing e conteúdo digital no Grupo Matriz (RJ) com foco em redes sociais; estagiário de redação e logo em seguida contratado na Huge (RJ) como estrategista e redator. Além disso, fiz alguns freelas de conteúdo e redação publicitária para marcas como Match LatAm, Beerclue, Paixão e Banco Bonsucesso.

Tenho TCC em inglês, arranho no espanhol e estou começando a estudar pra não passar vergonha nem nele nem no francês. Mas este último ainda vai a passos curtos. Manjo dos paranauês básico do photoshop e sei utilizar bem o pacote office. Entendo de FB ads, analytics, um pouco de SEO e tal.

Meus textos têm sempre a intenção de provocar. E eles já provocaram algumas pessoas que os transformaram em peças de teatro, adaptações pra roteiro de webséries e curta-metragens, estudo interpretativo pra vestibular e aulas de teatro e mais algumas coisas. Foi por isso que adotei uma visão peculiar sobre a minha forma de trabalho. Costumo utilizar a minha rara habilidade de entendimento do outro - culpe a astrologia por ter me dito isso um dia - pra expressar seus sentimentos em forma de texto e trago essa habilidade pra reda

  • Work
    • Copywriter
  • Education
    • ECO-UFRJ