Fernanda Ferrairo

M.D. and Writer in Brasil

Read my articles

Oi. Eu não tenho Linkedin, acho muito formal. Prefiro resumir um curriculum vitae — ou algo que o valha — de uma forma um pouco mais acessível aqui.

Meu nome é Fernanda. Eu sou médica, escritora e editora. Como essa intersecção meio esquisita aconteceu? Mais ou menos assim.

Escrevo principalmente reportagens sobre ciência, medicina e saúde. Coisas como isso (matéria vencedora do Prêmio Abril de Jornalismo 2017), isso, isso e isso. Estou na Superinteressante, na Folha, na Vice e na Revista Piauí. Algumas das reportagens estão somente no impresso.

Dentro da medicina, minhas áreas preferidas são Neurologia, Psiquiatria e Medicina da Dor. Ainda não tenho especialização; pretendo ter um dia caso minha saúde permita. A não ser que até lá eu escreva um best-seller. Nesse caso, estarei ocupada demais sendo milionária.

No meu tumblr — que anda lento, é verdade — registro o que me vem à cabeça. É o lugar onde me expresso do jeito que mais gosto: escrevendo prosa livre. Inclusive sobre a doença rara com a qual convivo desde 2012, causada por um erro médico. Te convido a ler um pouco mais sobre ela aqui.

A história em questão foi eleita pela Super a segunda melhor reportagem de 2015 — e perdão pelas menções a prêmios, mas preciso vender meu peixe.

O twitter costumava ser a única rede social em que era ativa. Falava as besteiras do dia a dia e, vez por outra, algo de útil. Hoje até dele estou meio longe. O uso constante de redes sociais acaba cobrando seu preço; aprendi na marra.

Sobre a parte puramente pessoal, agora: publiquei umas coisinhas mais poéticas e bobas, como essa. Toco um violão meia-boca e canto. E o que eu escuto é basicamente isso. Montar playlists é um hobby que cultivo desde criança, quando gravava fitas cassete após pedir músicas na rádio. No símbolo do Spotify ali embaixo você pode dar uma olhada em algumas, caso esteja ocioso.

Ando um tanto cansada de escrever apenas sobre medicina e tento falar também sobre o que me interessa além dela: escrita, literatura, cinema, a vida, o universo e tudo mais™.

E... é isso. A gente se vê por aí.