Frederico Kasanova

São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Meu nome é Frederico DeMedeiros Kasanova. Nasci em 1813, em uma família burguesa no Brasil colônia. Ah, aqueles eram os tempos... Você podia chamar negros de crioulos, gays de bichinhas e bater neles que ninguém falava nada. Vocês acreditam que eu tentei esfaquear um mendigo no outro dia e a polícia me prendeu por isso? Bando de filha da puta sem nada o que fazer. Mas... que porra eu tava falando? Ah é, além de um gosto por acidentes planejados e culinária alternativa, eu sempre gostei de filmes, desde que eles foram inventados pelo menos. Ou pelo menos eu gostava de filmes antes da porra do fodido do Glauber escroto Rocha, o pedaço de merda fedida de cavalo ter roubado todas as minhas ideias pra fazer os filmes dele, aquele... Mas, filmes! Eu gosto de filmes, eu gosto de falar bem de filmes e falar mal de filmes, por isso o meu neto, antes um saco de merda inútil para mim, me ajudou a criar esse sítio, ou globo, blogo, não sei. O que importa é que agora eu tenho algo a fazer enquanto eu espero pela quieta morte nesse asilo que meu filho mais velho me pôs para parar de pagar pela minha casa. Depois de tudo que eu fiz pelo merdinha, até fico meio feliz quando lembro que ele se matou ano passado. Mas... FILMES! Já que as xoxotas desse lugar são velhas demais pra mim e não tem aquele delicioso rigor post mortem, pra me ocupar eu vou falar sobre os filmes que andam saindo e essa molecada sem cultura e respeito politicamente corretos com grandes paus na bunda anda vendo e sobre filmes que vocês são todos muito sem cultura e politicamente corretos com grandes paus na bunda pra conhecer. O que importa é que eu vou falar sobre os filmes que vocês moleques sem cultura e respeito... Pera, eu já escrevi isso. Pêra, eu já escrevi isso. Ah, Deus, cadê meu remédio de Alzheimer? Por que tá tudo girando? Ah... Por que tá tudo ficando pret

  • Work
    • Aposentado