Helio Junior

Brasília

Sou um cara comum, com uma vida muito doida, ou um cara doido com uma vida muito comum... não sei ao certo ainda, mas quem é que sabe ao certo o que é a vida? Além de todas as loucuras e devaneios, sonhos lúcidos ou não eu ainda canto, danço, toco, luto, pedalo, nado, ando, corro, vôo, pulo, grito, choro, sorrio, penso, oro, desenho, fotografo, leio muito, escrevo mais ainda, viajo, eu não existo, eu vivo.

Sem religião, sem partidos políticos, mas com opinião e um monte de ideias loucas na cabeça, com sonhos grandes demais para mim e para o tempo que eu vou viver talvez, minha vida sem mim não seria possível, já minha vida sem Deus não faria sentido ser.