Veronyka Gimenes

Programadora, Hacker, and DEI - Diversidade Equidade e Inclusão in São Paulo, Brasil

Veronyka Gimenes

Programadora, Hacker, and DEI - Diversidade Equidade e Inclusão in São Paulo, Brasil

Sou uma pessoa não-binária/travesti 🏳️‍🌈 ⚧️, pronome Ela, de axé, comunista, de São Paulo 🇧🇷 e também cidadã italiana 🇮🇹. Me formei em TI/Software, Globalização e Cultura. Sou estudante e praticante de psicanálise, marxismo/comunismo, (trans)feminismo, estudos de sexualidade/gênero e contra-colonialismo.

Atuei e colaborei com tecnologia nas principais eleições brasileiras recentes (Haddad e Manuela 2018, Boulos e Erundina 2020 e Lula e Alckmin 2022) contra o bolsonarismo e vivi um tipo de exílio morando em Portugal, Itália e Hungria. Estudei combate ao discurso de ódio e desinformação/fake news na Alemanha.

Desde 2008 eu desenvolvo tecnologias para empoderar o povo e redesenhar a governança da sociedade. Minha especialidade é em estratégia, design, desenvolvimento e gestão de tecnologias digitais para o setor público e terceiro setor. Já trabalhei com Prefeitura de São Paulo, Governos do Ceará e do Rio Grande do Sul (com Banco Mundial), Ministério da Cultura, entre muitos outros. Tive a oportunidade de debater em espaços como TEDxUFRJ, MediaLab-Prado Madrid, MIS SP, iGovSP, Red Bull Station SP, Creative Commons Global Summit e RightsCon. Já coordenei uma campanha de vereador, uma plataforma de participação em programa de governo (PSB-REDE) e um site de democracia direta na Câmara de Porto Alegre. Co-fundei movimentos para mudar o sistema eleitoral, melhorar as eleições municipais e fundei a Casa de Cultura Digital de Porto Alegre.

Atualmente, lidero a rede independente Núcleo Digital (www.nucleodigital.cc), com serviços em áreas como tecnologia popular, Serviços Digitais de Governo, Plataformas Cooperativas, "Transformação Digital" e Blockchain. Esta rede já entregou mais de 50 tecnologias desde 2008. Por um tempo esse grupo esteve na Prefeitura de São Paulo (Haddad 2013), como unidade de Serviço Digital / Governo Aberto, tendo como principal projeto a plataforma que revisou o Plano Diretor Estratégico (GestãoUrbanaSP) e a do PPA Participativo e Programa de Metas (Planejasampa).

Em 2021 comecei minha transição de gênero e a luta para que a diversidade, a inclusão e a equidade estejam no centro das práticas de política e tecnologia. Nessa atuação fundei a Código Não Binário (www.codigonaobinario.org). Nela ja desenvolvemos uma ferramenta de Inteligência Artificial (IA) contra o crime da Braskem em Maceió, debates sobre IA na ENAP, participação em consultas como a de plataformas digitais do CGI.br e a produção do evento Corpos Marginais na USP.

  • Education
    • Desenvolvimento de Software
    • Globalização e Cultura
    • Processamento de Dados